Blog

16
ago

Assistência técnica de relógios: nunca há tempo a perder

O relógio tem conquistado cada vez mais espaço no mercado de artigos de alto padrão, apresentando um grande crescimento anual. O artefato, outrora mero dispositivo funcional medidor de horas, pode revelar muito sobre o pulso do qual adorna, pois passou a ser um ornamento que reflete as características culturais, sociais e econômicas de quem o possui, transmitindo status e rendendo a imensidão de diferentes marcas.

É justamente esta significância que o utensílio vem adquirindo que tem feito do mercado relojoeiro tão complexo e promissor.  Contraditoriamente, ao mesmo tempo que o mercado encontra-se aquecido com numerosas vendas, há, no Brasil, grande carência em mão-de-obra-especializada e bem treinada para atender à manutenção de relógios, pois, dada a diversidade de marcas disponíveis, cada modelo exige uma maneira correta para conserto e certificação de uso.

Para suprir esta carência, o setor relojoeiro brasileiro é dependente tanto da tecnologia  internacional, como do conhecimento técnico exterior.  Quanto ao amparo tecnológico, a micromecânica (estudo das estruturas de engenharia e sistemas em um nível menor, medido em milímetros para microns, unidade de medição imperceptível a olho nu.) está em falta mesmo em outros setores, como na indústria automobilística e hospitalar.

Quanto ao conhecimento especializado do mercado, existem cursos e treinamentos para relojoeiros no exterior como os oferecidos pela célebre escola Nicholas G. Hayek Watchmaking School - fundada pelo presidente da líder de mercado, a Swatch Group – permitindo a capacitação para o desenvolvimento de relógios e assistência técnica para as indústrias. O grande desafio desses treinamentos é a diversidade de marcas que, como já anteriormente citado, possuem formas específicas de conserto, exigindo que estes profissionais sejam capacitados no país de origem da respectiva marca, e só assim é que recebem a autorização para realização de assistência técnica

Portanto, a construção de know-how de uma empresa responsável pela manutenção de relógios é feita de maneira vagarosamente trabalhosa. A empresa deve constantemente atualizar-se ao mercado, pois seu conhecimento técnico  fica limitado a cada nova marca de alto padrão que surge para atender à aparentemente interminável evolução do mundo dos relógios, cuja engrenagem nunca para de funcionar.


Comentários fechados.